Aprenda a lidar com sua própria companhia


            Tem dias que nos sentimos simplesmente só a esse imenso espaço chamado mundo. Como é natural do ser humano a se socializar, ficar só é o fim do mundo, não é mesmo? Nos meus 13, 15 anos odiava fazer qualquer coisa sozinha; até ir ao supermercado. Mas, com o tempo aprendi o quão saborosa é a nossa própria companhia. A música se tornou uma fiel companheira na rotina, ela que me leva aos meus profundos pensamentos. Aprendi que nascemos e morremos só, por isso não há razão pra ficar aflita com o fato de ficar sozinha. Aprendi a sair sozinha, a ir numa sala de cinema sozinha, a fazer novas amizades sozinha, a ir em bibliotecas pra folhear livros, aprendi sobretudo, a saborear minha própria companhia. Aprendi que sou melhor que qualquer companhia quando quero, aprendi a rir das minhas próprias bobeiras, aprendi a escutar minha própria alma, aprendi meus próprios defeitos e qualidades. Não estou dizendo pra fazer as “coisas” sozinha, mas é bom desfrutar um tempo só pra você. Porque quando aprende a lidar com a própria companhia o medo de ficar sozinha será quase escasso. Aprenda a gostar de si mesma, não há nada de errado nisso. E como diz nosso velho amigo Shakespeare:

“Começa aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que você mesmo pode ser.” Trecho retirado da obra Menestrel, disponível em: http://pensador.uol.com.br/textos_o_menestrel_william_shakespeare/

Até a próxima :)

Anúncios